Carregando

Cidadania articula programas sociais no combate à exclusão

Secretaria:
Desenvolvimento Social
Rita de Biaggio
09/03/2006 00:00

Banco de Alimentos de Embu alimenta 2.000 famílias carentes Além de dar o peixe é necessário ensinar a pescar. Essa idéia já conhecida é colocada em prática desde 2001, início do atual governo de Embu das Artes, provocando mudanças significativas no desenvolvimento socioeconômico da cidade. Uma série de iniciativas conduzidas pela Secretaria de Cidadania e Assistência Social mostra os resultados dessa prática política que além de enfocar a proteção à parcela da população excluída da sociedade, cria e implementa estratégias para que milhares de pessoas tenham acesso à alimentação, capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho O trabalho tem por objetivo conscientizar essas pessoas de sua cidadania e capacidade para sustentar a si próprias e a suas famílias com dignidade.

Com apurada visão dos problemas sociais do município e dedicado a formar cidadãos conscientes de seu papel, o secretário de cidadania, defende a articulação dos diversos programas e projetos implementados pela Prefeitura. Segundo ele, um primeiro passo é atender às pessoas em situação de extrema vulnerabilidade social, que dependem por exemplo, de alimentos doados para não passar fome. "Para que estas pessoas sejam incluídas integralmente ou reintegradas à cidadania, elas precisam de apoio para resgatarem sua dignidade, fortalecerem-se e serem capacitadas para traçarem e seguirem seu próprio caminho", explica. Além disso, ele ressalta a importância da educação, estendida inclusive para jovens e adultos em programas como a EJA e o MOVA.

Um exemplo de articulação dos programas de inclusão social da Prefeitura de Embu está nos empregados na Frente de Trabalho. Coordenada pela Secretaria de Governo, a iniciativa leva os trabalhadores aos cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura no Centro Comunitário Itatuba para alcançarem sua formação profissional.

Bem avaliado e tido como referência nacional pelo Tribunal de Contas da União, o Banco Municipal de Alimentos, gerenciado pela Secretaria de Cidadania, atende cerca de 2.000 famílias carentes de Embu. Semanalmente elas recebem sacolas com alimentos nutritivos e saudáveis: verduras, legumes, frutas frescas, além de arroz, feijão e óleo.

A Incubadora de Cooperativas gera emprego e renda para 450 trabalhadores que atuam em diferentes setores, do artesanato em papel jornal à agricultura. Outra vertente da gestão social no município são os Centros de Referência da Cidadania e Assistência Social. O governo de Embu implementou cinco deles, distribuídos em pontos estratégicos da cidade, oferecendo assistência social, psicológica e jurídica gratuitas, além de serviços como emissão de documentos.

Combatendo a desnutrição, profissionalizando jovens e adultos e fortalecendo a rede de proteção à população carente a Prefeitura de Embu das Artes através da Secretaria de Cidadania e Assistência Social amplia a inclusão social.



TUDO SOBRE
DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005