Carregando

Competição é notada pelo cooperativismo nos Jogos Escolares 2018

Secretaria:
Educação
Alex Natalino
06/11/2018 12:56

Os “Jogos Escolares 2018” acontece entre os dias 22/10 e 30/11 no estádio e ginásio Hermínio Espósito e, desde o dia 5/11, no ginásio Valdelice Prass com a participação de estudantes do 5º ano de 19 Escolas Municipais de Embu das Artes, que disputam as modalidades de queimada, futsal, vôlei adaptado, atletismo, xadrez e dama. A realização do projeto é da Secretaria Municipal de Educação.

Esse torneio é a 4ª etapa do projeto, que promoveu anteriormente as seguintes fases: (1) produção de um logotipo para o campeonato, (2) aulas com jogos educativos e (3) Jogos Interclasses (seletiva) que contou com alunos do ensino fundamental 1 e 2 e EJA.

Os professores e profissionais da educação organizam e operam todas as competições. É o caso da professora Priscila Silva Santana, da E. M. Armando Vidigal, que vê nesse torneio um espaço para emponderar os jovens à competitividade e ao cooperativismo, além de propiciar uma experiência escolar diferente.”Eles vivem nesse momento aquilo que assistem na televisão e, com isso, a escola se torna mais interessante para todos”, falou Priscila.

“A proposta de jogos cooperativos proporciona uma animação para aos estudantes e, nesse momento inicial, as respostas têm sido positivas nas escolas, pois as crianças demonstram grande interesse em participar e, com isso, elas ganham em vários aspectos, no social, emocional e físico, por meio do esporte”, descreveu o assessor técnico pedagógico, Fabio Pereira da Silva, que é um dos idealizadores do projeto.

Após disputar a corrida nos 50m livres, o estudante Jonatas Silva Chagas descreveu sua sensação antes de começar a correr: “Estava ansioso, mas foi emocionante cruzar a linha de chegada".

Cauan Vitor da Silva Gomes correu na mesma modalidade do seu colega e também declarou ter ficado apreensivo antes da disputa: “Está sendo bom estar aqui e gostaria de participar de mais competições como esta na escola”, revelou.

O professor Alexandre Lapush, que orientava os estudantes na competição de xadrez, explicou que os alunos aprendem que o xadrez é um jogo de cavalheiros, por isso eles se ajudam no aprendizado das regras e nos movimentos das peças: “Essa é a proposta dos jogos, para que tenham parceria, solidariedade e amizade entre eles”, afirmou Alexandre.“Além disso, as professoras nos dizem que os jogos os auxiliam no aprendizado da matemática, por exemplo, e há um ganho do ponto de vista socioafetivo, pois tornam-se mais atentos, calmos e felizes com a expectativa de poderem jogar após a conclusão de suas tarefas em sala de aula", completou ele.

Luis Henrique Souza Santos, da E. M. Primavera, tinha acabado de participar de uma partida de xadrez: “Não me importo em perder, o bom é jogar, participar e aprender uma coisa diferente, além de ser emocionante estar numa competição, que nos aproxima mais dos colegas”.

Presente no local das provas, o secretário de Educação, Pedro Angelo, destacou que os Jogos Escolares incentivam os alunos à prática esportiva e os despertam para o entendimento sobre bons valores como cidadão, além de estimular a integração e o convívio social numa sociedade dominada pela tecnologia. “É uma oportunidade para eles adquirirem disciplina, cultivarem bons hábitos e fortalecerem o instinto de superação, o que favorece o desenvolvimento da criança numa fase tão crucial da sua vida”, disse ele. 

O secretário adjunto de Esportes, Leandro de Souza (Betinho), falou que a orientação da gestão municipal é para que as crianças estejam presentes no esporte e na educação e ressaltou o comportamento dos estudantes no torneio. “Não é só uma competição, pois o que prevalece são as atitudes de solidariedade e respeito, que é demonstrado pelos atletas após as disputas”, comentou Betinho, que reiterou o apoio da pasta de Esportes e Lazer com a disponibilidade dos equipamentos para o projeto.



Fotos: Michael Alberto / PMEA
TUDO SOBRE
DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005