Carregando

Artistas de Embu das Artes expõem em Penápolis até 31/3

Secretaria:
Cultura
.
14/02/2020 11:47

A exposição coletiva de arte naif “Nem tudo é Mandacaru”, com apresentação de trabalhos de três artistas naifs da cidade de Embu das Artes: Silvia Maia, Renata Matusceviko e Olavo Camps, estará em cartaz a partir de hoje, 13/2, no Museu do Sol, em Penápolis, interior de São Paulo.  A exposição é fruto da parceria entre o museu e a Secretaria Municipal de Cultura. A curadoria é de Paulo Dud.

Os artistas autodidatas produzem obras sem preparação acadêmica específica, apresentando temáticas do folclore brasileiro, festas populares e religiosas e da cidade onde vivem. A seguir, um pouco do perfil de cada participante:

Silvia Maia: pernambucana, reside em Embu das Artes há mais de 30 anos. É psicóloga de formação e sempre foi sensível às manifestações culturais, como as artes plásticas. Mas foi no estilo naif que ela se descobriu artista e, desde então, não parou mais de pintar. Silvia retrata o universo da cultura popular, folclore, festas religiosas, figuras humanas, sagradas e raízes da sua terra natal, sempre de forma alegre, colorida e angelical. Se destacou em várias edições da  Bienal Naifs do Brasil de Piracicaba e no Revelando São Paulo.  

Renata Matusceviko: nasceu em Embu das Artes, é uma artista autodidata, que também foi aluna de Olavo Camps. A artista apresenta através de traços e cores, uma arte espontânea e regional, retratando memórias de Embu das artes e do Brasil. Sua criação tem referências no cotidiano em geral, figuras humanas e na preocupação com a natureza. Renata foi destaque no 28º Salão de Artes Plásticas de Embu das Artes, quando recebeu o prêmio de 3º lugar na categoria naif. Também participou da Bienal Naifs de Piracicaba, do Revelando São Paulo e das atividades culturais locais.

Olavo Camps: reside no Embu há mais de 45 anos. Foi um dos fundadores do setor de artes plásticas da Feira de Artes. Seus trabalhos naif são feitos a partir de material reciclado, usando como suporte a madeira reciclada. Olavo retrata com originalidade santos, festas populares e natureza morta. Seus quadros são de um colorido muito alegre e primitivo. O artista foi premiado em diversos Salões de Arte, tem obras em mais de 30 países, foi duas vezes finalista do Mapa Cultural Paulista, é presença constante no Revelando São Paulo e faz parte da Feira de Embu das Artes há 40 anos.

Serviço:
Exposição Nem tudo é Mandacaru
Silvia Maia, Olavo Camps e Renata Matusceviko
Até 31 de março de 2020 
Museu do Sol
Av. Rui Barbosa, Bairro Nobre, Penápolis, SP

 

 

 



DESTAQUE

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005