Prefeitura garante reajuste salarial dos servidores em setembro

Secretaria:
Gestão de Pessoas
Prefeito
Gestão Financeira
Patricia Carvalho de Solsa
16/09/2015 00:00

O prefeitura de Embu das Artes, diferente de outras da região, garantirá o reajuste salarial aos servidores municipais no mês de setembro, data base para revisão salarial dos funcionários públicos. A proposta foi aprovada na Câmara por unanimidade na sessão de quarta-feira, 16/9. 

Devido às atuais condições econômicas do País, a reposição salarial baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que nos últimos 12 meses soma 9,53%, será paga em duas parcelas, sendo 3% em setembro e o restante em janeiro. A correção do período será paga aos servidores em março de 2016. O consenso foi obtido após dialogar com o Sindicato de Servidores Públicos de Embu, o Sindicato dos Professores de Escolas Municipais (Siproem) e a comissão permanente de servidores que, desde 2013, coleciona uma série de conquistas.

Durante a última reunião da comissão com o prefeito Prefeito, em 15/9, o gestor ressaltou a importância de agir com prudência: “Tem que ter responsabilidade em um momento como esse. Eu agradeço a vocês pela postura ponderada diante da impossibilidade de pagar o IPCA integral neste momento. Estar na condição de líder é tomar decisões dentro do que as condições colocam”.

O grupo optou pela medida para evitar que o reajuste seja adiado ou que os servidores tenham que enfrentar situações semelhantes ao de cidades vizinhas que, até o momento, não pagaram o reajuste, optaram por beneficiar apenas determinada classe ou margem salarial, ou que estão com o salário dos servidores em atraso.

Mesmo com a impossibilidade do pagamento integral do IPCA, alguns dos membros da comissão afirmaram que seus colegas de departamento estão de acordo com a proposta do governo, tendo em vista os avanços obtidos nos últimos anos, como o enquadramento das Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADI’s) como Professoras de Desenvolvimento Infantil (PDI’s), reclassificação de cargos (Lei Complementar nº 246 de 2014) e o aumento real de 2% concedido em março deste ano. Além da reclassificação de assistentes técnicos administrativos, agentes municipais, motoristas e eletricistas. 

Ouça a impressão de alguns dos participantes da reunião:

Sebastião Caetano da Paixão, presidente do Sindicato de Servidores Públicos de Embu.

Dênis Viana, Guarda Civil Municipal (GCM)

Raimundo Alves Peixoto, motorista da Secretaria de Serviços Urbanos

 

Reajuste em dia

De acordo com informações da Secretaria de Gestão de Pessoas e Modernização Administrativa, o reajuste salarial dos servidores públicos municipais foi pago todos os anos, desde a posse do prefeito Prefeito, em 2009.  Veja a tabela:

2015: 9,53% pago em duas vezes + correção em março

2014: 6,51% pago integralmente + 2% de aumento real

2013: 6,9% pago em quatro vezes

2012: 5,24% pago em duas vezes + 1,7% de correção em março

2011: 7,1% pago em duas vezes parcelado

2010: 4,35% pago integralmente

2009: 7,35% pago integralmente



Fotos: Everaldo Silva