Carregando

SAMU Regionalizado

Coordenadora geral
Enfª Denise Medeiros Almeida 

Coordenador médico
Dr. Joel Gleison Pereira Junior

Administrativo
Carlos Henrique Oliveira de Castro
Assessor de Relações Institucionais
Andreá dos Santos

Responsável Técnico de Enfermagem
Patrícia Ferreira de Lima

Núcleo de Educação de Urgência
Enfª Suellen Luise Ferreira Olimpio Silva

Setor de Frotas
Pedro Luiz Campos

Endereço: Rua Pataxós, 109, Jardim Magali, Embu das Artes

Escala de Serviço da Equipe Técnica

Escala Enfermeiros

O que é o SAMU?

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  (samu) é o principal componente da Política Nacional de Atenção às Urgências, criada em 2003, que tem como finalidade proteger a vida das pessoas e garantir a qualidade do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Financiado pelos governos federal e municipal, visa prestar socorro à população em casos de urgência e emergência. Com infraestrutura completa e profissionais qualificados, o SAMU Regional Embu das Artes consegue reduzir, sensivelmente, o número de óbitos, tempo de internação hospitalar e sequelas decorrentes da falta de um socorro em tempo hábil.

O Governo da Cidade de Embu das Artes e os municípios que integram o Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud) compõem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Regionalizado com Central de Regulação Médica. O órgão abrange também os municípios de Itapecerica da Serra, Embu Guaçu, Juquitiba e São Lourenço

Como utilizar o SAMU?

Ligando para 192. A chamada é gratuita e dispensa cartões telefônicos ou crédito no celular.

Como funciona?

O SAMU realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação, profissionais e veículos de salvamento.

As Centrais de Regulação têm um papel primeiro e indispensável para o resultado positivo do atendimento. A ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

Ao mesmo tempo, o médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um posto de saúde; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com técnico  de enfermagem e socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma UTI móvel, com médico e enfermeiro. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos e, dessa maneira, reserva leitos para que o atendimento de urgência tenha continuidade.

Quando chamar o SAMU?

Ele deve ser acionado em situações que representem risco de sequelas graves ao paciente ou em risco de morte. Veja exemplos:

Na ocorrência de problemas cardiorespiratórios;
Em casos de Intoxicação exógena;
Em caso de queimaduras graves;
Na ocorrência de maus tratos;
Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto;
Em casos de tentativas de suicídio;
Em crises hipertensivas;
Quando houver acidentes/trauma com vítimas;
Em casos de afogamentos;
Em casos de choque elétrico;
Em acidentes com produtos perigosos;
Na transferência inter-hospitalar de doentes com risco de morte.

Equipe do SAMU:  médicos, enfermeiros auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática (clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica). Há retaguarda de serviço de apoio administrativo.

Das ambulâncias:

Para o atendimento móvel, o SAMU Regional Embu das Artes dispõe de dois tipos de ambulância: a Unidade de Suporte Básico (USA) e a Unidade de Suporte Avançado (UTI Móvel). A USB é utilizada em casos de urgência, quando é preciso o pronto atendimento, mas não há risco de morte iminente. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista e um técnico de enfermagem. Já a USA é acionada em casos de emergência, quando há necessidade de intervenção médica imediata. Nestes casos, o resgate é feito por um condutor-socorrista, um médico e um enfermeiro

Educação Permanente

 

 

 

 

 

É a equipe de educação permanente do SAMU que elabora os protocolos assistenciais e promove o treinamento e capacitação de todos os profissionais ligados à Rede de Urgência e Emergência.  As equipes das cinco bases também recebem treinamento periódico.

 

 

 

NEWSLETTER

PRAÇAS DE ATENDIMENTO

Centro
Santa Tereza
Santo Eduardo


Eficiência e qualidade na prestação de serviços: abertura de empresa, emissão de certidões, parcelamento de débitos, escrituração fiscal e outros
Prefeitura de Embu das Artes - Sec. de Gestão Tecnológica e Comunicação
Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114 - Centro Estado de São Paulo - Brasil CEP: 06803-900 PABX: +55 (11) 4785-3500 Disque Serviços: 0800 773 0005